Desde 2002 no mercado de construção civil e reformas em geral.

(81) 9.8794-2230   Orçamento

O nosso Blog é um espaço para ajudar com dicas e notícias para todos os que estão passando por obras e reformas.

Blog - dicas & notícias

Facebook Whatsapp Twitter


6 materiais hidráulicos para sua obra

18 Abril | 2022



Ao construir ou reformar sua casa, é mais do que fundamental garantir todos os materiais que compõem a estrutura de um imóvel. Isso serve para os cimentos, concretos, pisos, revestimentos e também, mas sobretudo, para os materiais hidráulicos.

Quer saber mais sobre esses materiais e quais são os itens necessários para concluir sua obra? Na dica C&C de hoje vamos mostrar tudo o que você precisa saber!

O que são materiais hidráulicos?

Os materiais hidráulicos nada mais são do que as peças que compõem o sistema de distribuição de água e esgoto de um imóvel. Eles são responsáveis pelo abastecimento da caixa d’água, distribuição de água fria e quente para torneiras e chuveiros, e escoamento do esgoto e águas pluviais.

Tipos de materiais hidráulicos

1. Tubos e conexões

Os tubos são peças cilíndricas e ocas de grande comprimento que são responsáveis pelo transporte de água e esgoto do imóvel.

Já as conexões são responsáveis por rosquear os tubos e mudar as direções para permitir o funcionamento da instalação hidráulica do imóvel. Podem ser encontradas em diversos formatos, tamanhos e possuem funcionalidades específicas.

Os tubos e conexões mais utilizados atualmente são feitos de plástico – sendo o pvc e o cpvc os mais comuns. Porém, ainda é possível encontrar tubos feitos de cobre, aço galvanizado, ferro fundido e até cerâmico.

2. Registros

Os registros são equipamentos responsáveis por abrir, fechar e controlar o fluxo de água em pontos específicos da casa.

Existem, basicamente, três tipos de registros no mercado: os de pressão, que são utilizados nas torneiras e chuveiros de banheiros, cozinhas e áreas de serviço, e os de gaveta e esfera, que normalmente são instalados no alto das paredes e têm a capacidade de bloquear o fluxo de água nos ambientes, sendo muito utilizados em casos de manutenção.

3. Caixa d’água

A caixa d’água, como todos conhecem, é um reservatório colocado acima da laje com a principal função de armazenar e abastecer o imóvel com água potável.

Os modelos mais comuns são feitos de polietileno e sua capacidade de armazenamento varia entre 310 até 5000 litros.

4. Aquecedores

Os aquecedores de água mais comuns são os elétricos, a gás ou solares e podem ser divididos em dois grupos: de passagem e por acumulação.

Os aquecedores de passagem são aqueles que aquecem a água somente ao passar por eles. Costumam ser pequenos e não são capazes de atender diferentes pontos de água simultaneamente. Os chuveiros são um ótimo exemplo deles.

Já os aquecedores por acumulação são aqueles reservatórios onde ocorre o aquecimento da água. São capazes de fornecer uma grande quantidade de água quente a diversos pontos.

5. Ralos e grelhas

Os ralos e grelhas são as peças por onde a água é escoada. Ficam localizados nas bacias de pias e tanques e dos pisos de áreas molhadas e laváveis, como lavanderias, banheiros, quintais e boxes de chuveiro.

6. Sistemas de descarga

Os sistemas de descarga do vaso sanitário são responsáveis por escoar os efluentes e dejetos do banheiro até o sistema de esgoto.

Atualmente existem quatro tipos de descarga; são elas: as caixas acopladas, descargas com válvula hydra, caixas de descarga e descarga à vácuo. Todas são facilmente encontradas e funcionam muito bem.

Fonte: Casa e Construção

« Voltar
Este website utiliza cookies

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência, otimizar as funcionalidades do site e obter estatísticas de visita. Saiba mais.