Desde 2002 no mercado de construção civil e reformas em geral.

(81) 9.8794-2230   Orçamento

O nosso Blog é um espaço para ajudar com dicas e notícias para todos os que estão passando por obras e reformas.

Blog - dicas & notícias

Facebook Whatsapp Twitter


Tapetes na decoração: saiba como utilizar

17 Setembro | 2021



Essenciais em qualquer projeto de decoração, os tapetes conferem beleza aos ambientes e deixam os espaços ainda mais quentinhos e aconchegantes.

Além disso, eles também valorizam o posicionamento dos móveis, delimitam os ambientes, proporcionam conforto térmico e acústico e, ainda, complementam o estilo decorativo do espaço. Porém, é preciso tomar muito cuidado na hora de escolher e posicionar a peça, pois um tapete mal colocado pode gerar uma sensação de mau gosto e desleixo com o ambiente.

Pensando nisso, preparamos este post com algumas dicas muito úteis que vão te ajudar a acertar na composição dessas peças. Confira!

Tamanho

O tamanho ideal para o tapete deve ser definido com base na proporção do cômodo e dos móveis que ali se encontram. Em uma sala de estar, por exemplo, é interessante que o tapete esteja cerca de 20cm (ou mais) abaixo de cada um dos móveis que compõem o ambiente, de maneira que ele fique centralizado no cômodo.

Para salas de jantar, é preciso calcular o espaço necessário para o manejo das cadeiras sem que elas enrosquem na peça. Ou seja, o tapete deve ser, no mínimo, 60cm maior do que a mesa.

Em espaços de circulação onde não existem móveis, como os corredores, o tapete deve compor o ambiente deixando uma sobra de pelo menos 20cm (de todos os lados) para que seja possível visualizar o piso existente

Delimitar ambientes

Espaços integrados são uma tendência cada vez mais crescente no universo da arquitetura e, nesse caso, o tapete pode ser utilizado como limitador de ambientes, demarcando onde um cômodo começa e o outro termina.

Formato

Tapetes quadrados e retangulares são perfeitos para decorações clássicas e mais elegantes, enquanto os redondos são mais indicados para quem deseja ousar com um visual moderno e sofisticado.

Para os quartos infantis, também pode ser interessante adotar modelos com formatos divertidos, como os de bichinhos, estrelas e outros objetos.

Sobreposição

Sobrepor duas peças pode ser uma ótima alternativa para quem deseja criar um visual diferente, com uma proposta mais contemporânea.

Não existem regras para criar essa sobreposição, mas para não correr o risco de errar, o ideal é apostar em uma peça mais básica, com cores mais neutras ou fibra natural e ousar no tapete que vai por cima.

Cores e estampas

A escolha das cores e estampas deve depender do estilo de decoração e do gosto pessoal dos moradores.

Em um ambiente minimalista, por exemplo, o ideal é optar por tons neutros e estampas discretas, como poá ou chevron. O mesmo serve para os quartos; por ser um ambiente reservado para o descanso, a dica é optar por cores claras e tranquilizantes, como tons neutros e pastéis.

Para ambientes modernos e sofisticados, a dica é optar por cores mais alegres e estampas descoladas, ou até mesmo um tapete árabe. Para que o visual fique ainda mais harmônico, procure combinar os tapetes com as almofadas, criando um padrão visual.

Tapetes felpudos

Os tapetes felpudos devem ser utilizados somente em áreas mais íntimas, como quartos e salas de TV. Procure evitá-los em espaços de alto tráfego, pois eles acumulam muito pó e se deterioram mais rapidamente.

Além disso, também não são indicados para quartos de pessoas alérgicas, já que a sua facilidade em reter pó pode acabar agravando os quadros de alergias.

Agora que você já sabe como usar tapetes para decorar a sua casa, acesse o nosso site e confira as opções que temos para você!

Fonte: Casa & Construção

« Voltar
Este website utiliza cookies

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência, otimizar as funcionalidades do site e obter estatísticas de visita. Saiba mais.